Você sabe o que é Arteterapia?

Celeste Carneiro

Arteterapia é um recurso terapêutico que se utiliza da arte para prevenir e tratar o sofrimento psíquico gerado por diversos fatores. Tem como estrutura básica as teorias da Psicologia como a Psicanálise, a Psicologia Analítica, a Gestalt-terapia, a Transpessoal, dentre outras abordagens, além do conhecimento e de vivências dos processos da criatividade.

Integrante das Terapias Complementares, é um instrumento importante para acompanhar pessoas que experimentam doenças, traumas, estresse, desenvolver recursos físicos, cognitivos e emocionais, estimulando o autoconhecimento com o objetivo de proporcionar uma vida mais saudável.

O tratamento com a Arteterapia propicia mudanças psíquicas, facilita a expansão da consciência, oferece formas criativas para resolução de conflitos internos e estimula o desenvolvimento do potencial humano. Possui a capacidade de revelar e modelar a personalidade dos indivíduos, restaura a criatividade, aumenta a auto-estima e a segurança emocional, realizando o tratamento biopsicossocioespiritual.

Nos atendimentos são estimulados os recursos da imaginação, o simbolismo, os sonhos e a metáfora para enriquecer o processo terapêutico.

A eficácia do tratamento com arte foi descrita, inicialmente, no século XIX pelo médico alemão Johann Christian Reil, criador de um protocolo (procedimentos a serem seguidos) de seu emprego no tratamento dos pacientes com doenças mentais. Outros psiquiatras deram atenção ao seu efeito, mas, quem mais aplicou e difundiu o uso de expressões artísticas em consultório foi o psiquiatra suiço Carl Gustav Jung, no século XX. No Brasil, dentre outros, destacamos o trabalho da psiquiatra Nise da Silveira idealizadora do Museu do Inconsciente e o trabalho com mandalas realizados por seus pacientes.

Centenas de trabalhos científicos já foram publicados nas áreas de literatura médica e psicológica internacional, especialmente nos Estados Unidos e Europa, assim como livros no Brasil e no exterior, relacionados ao efeito da Arteterapia em diversas necessidades: crianças hospitalizadas; pacientes de câncer; pessoas com dificuldade de aprendizagem; distúrbios psiquiátricos tais como esquizofrenia, depressão, estresse pós-traumático, autismo, transtornos alimentares, distúrbios de ansiedade e transtorno obsessivo-compulsivo; recuperação de algumas lesões neurológicas, em especial as sequelas de traumatismo craniano, acidente vascular cerebral e paralisia cerebral. Em idosos, existem relatos de equilíbrio do humor e das funções cognitivas assim como melhora em indivíduos com mal de Alzheimer e outros tipos de processos demenciais. Também há relatos de pacientes com infertilidade que estão fazendo fertilização in vitro e que se beneficiaram dos recursos da Arteterapia.

Para exercer a atividade de Arteterapeuta é necessário ter curso superior e especialização em Arteterapia, que oferece treinamento em arte e em terapia. Os cursos de pós-graduação em Arteterapia têm mais de 500 horas, incluindo estágio supervisionado e Trabalho de Conclusão de Curso. Faz parte da área de humanas e da saúde como Psicologia, Medicina, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Assistência Social, Artes, Educação e Arte-educação. O curso deve ser validado pela União Brasileira de Arteterapia (UBAAT) e, uma vez concluído, o Arteterapeuta se cadastra na Associação de Arteterapia do seu Estado para trabalhar como tal.

Seu campo de ação abrange tratamentos, avaliações, pesquisas e consultoria a profissionais de áreas afins, podendo atuar individualmente ou em grupos nas distintas organizações das áreas de Saúde, Educação, Comunidade, Empresas e em Ateliê Terapêutico particular.

A Arteterapia foi sistematizada pela americana Margareth Naumburg em 1941 e em 1969 foi fundada a Associação Americana de Arteterapia (American Association of Art Therapy). Em vários países existem Associações de Arteterapia, e no Brasil são bastante atuantes as Associações nos diversos Estados, promovendo Congressos científicos, Fóruns, Simpósios, onde os profissionais são atualizados e podem apresentar o resultado de suas pesquisas. Aliado às Associações de Arteterapia temos os Congressos Brasileiro de Medicina e Arte, enriquecendo a todos nós.

Os cursos são oferecidos em vários estados do Brasil e no exterior. Na Bahia, temos o curso de pós-graduação em Arteterapia promovido pelo Instituto Junguiano da Bahia em parceria com a Escola Bahiana de Medicina, que já se encontra na sua 9ª turma.

Para conhecer mais sobre o tema, visitem os sites das Associações e os endereços dos Arteterapeutas credenciados.

O raciocínio lógico leva você de A até B. A imaginação leva você a qualquer lugar que você quiser.
Albert Einstein

Arte é a expressão mais pura que há para a demonstração do inconsciente de cada um. É a liberdade de expressão, é sensibilidade, criatividade, é vida.
Carl Gustav Jung

Assim como o corpo fala, o desenho diz por meio do inconsciente, aquilo que, por cautela ou autocensura, o seu autor não se permite verbalizar.
Valdeci Gonçalves da Silva

Fontes:
Carneiro, Celeste. Arte, Neurociência e Transcendência. Rio de Janeiro: WAK Editora, 2010.
Sei, Maíra Bonafé. A formação em Arteterapia no Brasil: contextualização e desafios. Textos do III Fórum Paulista de Arteterapia. - São Paulo: Associação de Arteterapia do Estado de São Paulo, 2010. 163p.
» www.ubaat.org
» asbart.blogspot.com
» artepsicoterapia.home.sapo.pt/idx_apres.htm
» www.atelierveratraversa.com.br/arteterapia.htm
» www.guianaturologia.com.br/terapias-naturais/arte-terapia/64-arte-terapia.html
» www.arttherapy.org/aboutarttherapy/about.htm
» www.ijba.com.br
» www.artezen.org

Celeste Carneiro é Arteterapeuta Junguiana e Transpessoal, Professora em cursos de pós-graduação. Autora de artigos e livros, dentre eles Criatividade e Cérebro (Ed. Ponto & Vírgula) e Arte, Neurociência e Transcendência (Wak Editora).
Contato: 71 3497-1306 / 8874-1155 / cel5@terra.com.br - http:// www.artezen.org - http://criatividadeecerebro.blogspot.com/