Renovação

Celeste Carneiro

Nem tudo o que acaba, termina,
Nem tudo o que morre, separa.
Fechar, nem sempre é sair
E sair não é ir-se embora.
Por isto,
Renova o teu ciclo,
Renasce em ti mesmo
E sai, deixando rastros...
Rastros perfumados,
Rastros coloridos
De modo que o teu viver
Seja por muitos seguido