Imanência e Transcendência

Celeste Carneiro

Vejo-Te nas sombras,
nos perigos do caminho;
vejo-Te na luz,
no convite à ascensão!

Percebo o Teu olhar
que me perscruta,
nos sofredores e carentes
e me enlevo contigo
no olhar de alguém que ama.
Sinto Tua presença na solidão
e entre afetos me rejubilo.

No mar tranqüilo
ou violento,
na alegria
ou na tristeza,
no meu ser imperfeito
e nos homens santos
Tu estás, soberano.

Tu estás dentro de mim,
tão perto, tão pleno,
como não Te ver, Senhor?!